Desempoeirar

14 Setembro 2017

Hoje era bom dia para escrever um poema
Juntar algumas letras
Compor palavras que mais não são
Do que suspiros da alma ou da raiva
Em que, de garganta seca,
Conseguisse engolir cada uma delas sem hesitar.
Mas não sei se é bem isso que me apetece
Quando da vida se recebe o retorno do muito que se dá
A vontade é unicamente de fruir de cada réstia de tempo
Sem que para isso tenha de juntar letras e palavras
E resumir numa estrofe a indefetibilidade do que sinto.


Deixe o seu comentário: